Segredos da mansão luxuosa de Gugu Liberato doada para Rose Miriam vem à tona

Em meio a disputa polêmica travada pouco tempo após o falecimento de Gugu Liberato, Rose Miriam entrou com ação judicial a pedir pelo reconhecimento dos seus direitos no compartilhamento dos bens do falecido marido. Uma mansão luxuosa localizada em Alphaville, na Grande São Paulo, para quem não sabe, foi doada do animador para a médica.

A localidade, no entanto, nunca sequer havia sido transferida para os filhos do apresentador, fruto do seu relacionamento com ela, vulgo o primogênito João Augusto, e as gêmeas Marina e Sofia, contrariando a revelação feita pela mesma. De acordo com informações do portal Notícias da TV, em 2011, Rose e Gugu assinaram um termo de compromisso conjunto para a criação dos filhos, ao qual ele garantia que realizaria a doação da residência para a companheira.

No ano seguinte, de fato, aconteceu, sendo que em fevereiro deste ano o registro do imóvel no nome de Rose Miriam foi firmado. O valor da mansão na época era avaliado em torno de R$ 1,8 milhão. Baseado nos preços de hoje, inclusive, a propriedade gira em torno de até R$ 6 milhões.

Em meados de 2012, a matriarca teria pedido ao escritório de Gugu que cuidasse das questões burocráticas para a transferência da casa para os filhos, tendo seu reconhecimento apenas agora, em meio a todo o escândalo judicial. A defesa dela salienta que o caso não contribui em nada no pedido de união estável, o que seria cedido para mesma o direito de 50% da fortuna deixada por Gugu, avaliada entre R$ 800 milhões e R$ 1 bilhão.