Jovem faz declaração para namorado que assumiu seu filho com Down e emociona a todos

Com a frase “Manual de como formar uma família feliz” e várias fotos, a moradora de Lins, no estado de São Paulo, contou a sua história. A jovem de apenas 21 anos fez uma publicação sobre sua história de amor com Lucas Malheiros, de 24 anos e morador de Promissão. A declaração de Kézia viralizou e emocionou diversas pessoas recentemente. Ela contou a história de amor e a relação do seu amado com seu filho com Down.

O que mais chamou a atenção dos internautas é que os dois se aproximaram durante a gravidez e nascimento de João Miguel Adami Ales, filho de Kézia. A mulher deu à luz a um fruto do seu antigo relacionamento. O bebê nasceu portador de Síndrome de Down, o que deu um maior destaque à sua história. Sua postagem teve mais de 30 mil curtidas e milhares de comentários. Ela contou como os dois se aproximaram quando ela ainda esperava pelo filho do seu ex-namorado.

Quando João Miguel nasceu, Kézia diz ter ficado surpresa ao ver que Lucas ficou ainda mais próximo e descobriu que o rapaz sempre quis adotar. Mais do que isso, ele sonhava em adotar uma crianças que tivesse Down, pois tem um tio com a síndrome. “Fiz o post como sempre fazemos pra quem gostamos, mas não imaginava que fosse ter tanta repercussão. Recebemos muitas mensagens, mas me apeguei nas positivas, até porque eu sei o quanto nosso amor é puro”, disse a jovem.

Encontro, reencontro e criança com Down

De acordo com o casal, tudo começou quando ela tinha 15 anos e ele 17. Os dois possuíam amigos em comum, e foi aí que se conheceram. Em seis meses, já estavam namorando, no entanto, um ano depois, se separaram. Continuaram amigos, mesmo separados, mas começaram a namorar outras pessoas. Após um término, Kézia voltou a falar com Lucas pela internet, que também estava solteiro. Ela diz que nem imaginava que estava grávida nessa época.

“Eu até desconfiei, fiz um primeiro exame, mas deu negativo. Foi um alívio, porque a relação já tinha terminado. Porém, cerca de um mês depois, descobri que estava grávida aos 18 anos. Minha família me apoiou muito nesse momento”, disse ela. Ela diz que Lucas tentou se aproximar, mas ela tentava afastá-lo por causa da gestação. Ela acabou aceitando então a amizade. Ele a levava ao médico, para passear, pois tinha medo da depressão. O tempo passou e se apaixonaram novamente. Ela dizia ter medo, pois estava grávida.

Lucas assumiu o papel de pai da criança e já conversava com João Miguel antes mesmo de nascer. “Quando minha bolsa estourou, ele foi comigo no hospital, ficou ao meu lado. Se apresentou no hospital como pai da criança. Foi um momento único da nossa relação. E quando João Miguel nasceu, vi que ele era diferente. O Lucas, como já tinha convivido com o tio, também percebeu. Ao ver o bebê, ele se afeiçoou ainda mais”. Eles planejam se casar em breve e ela diz estar bem feliz com João chamando Lucas de pai.

E aí, o que você achou dessa história? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Lembrando sempre que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.

Deixe um comentário

error: Site Protegido: Copiar pode desde que de o credito que existe na matéria no rodapé. Nem todas as matérias nós pertence, outras são traduzidas de site de fora. Se tem uma matéria de sua autoria por favor comunique- nós no e-mail no rodapé do site. Não seja mal caráter em denunciar, se antes de ver todo a Matéria. Pois somos um site que damos o credito e se quer que removemos mesmo dando o credito da fonte de origem comunique-nós.